top of page
  • Foto do escritorAna Bizzotto

Calor e saúde: como manter o bem-estar nos dias quentes

Atualizado: 26 de set. de 2023

No sábado, 23 de setembro, começou a primavera no hemisfério Sul. Mas o clima por aqui já é de verão escaldante. O calor é uma característica inegável dos climas tropicais e de muitas regiões do mundo. No entanto, muitas vezes subestimamos os sérios impactos que as altas temperaturas podem ter em nossa saúde.


Insolação e golpe de calor: ameaças graves

Quando o termômetro sobe, nosso corpo começa a enfrentar desafios para regular a temperatura interna. A insolação e o golpe de calor são condições sérias que podem ocorrer quando o corpo não consegue lidar com o excesso de calor. A insolação é caracterizada por sintomas como tonturas, confusão, náuseas e sudorese excessiva. Já o golpe de calor é ainda mais grave, apresentando sinais como temperatura corporal extremamente alta, pele quente e seca, convulsões e perda de consciência. Ambas as condições exigem atenção médica imediata e podem ser fatais se não tratadas a tempo.


Desidratação: um problema comum em dias quentes

O calor extremo leva à perda rápida de líquidos por meio do suor, tornando a desidratação uma preocupação comum durante o verão. Os sintomas de desidratação incluem sede intensa, boca seca, urina escura e redução na produção de urina. Em casos graves, a desidratação pode resultar em desequilíbrios eletrolíticos e afetar negativamente os órgãos vitais.


Grupo de risco: quem é mais vulnerável?

Grupos de alto risco, como idosos, crianças pequenas e pessoas com condições médicas crônicas, estão particularmente em perigo durante ondas de calor. A fragilidade dessas populações torna-as mais suscetíveis a problemas de saúde relacionados às altas temperaturas. É crucial que cuidadores e familiares estejam atentos a sinais de superaquecimento e desidratação em membros vulneráveis da família.


Proteja-se do calor

  1. Mantenha-se hidratado: beba água regularmente, mesmo se não estiver com sede. Evite bebidas alcoólicas e com cafeína, pois podem contribuir para a desidratação.

  2. Evite o sol nas horas mais quentes: limite a exposição direta ao sol, especialmente entre as 10h e as 16h, quando as temperaturas costumam ser mais altas.

  3. Use roupas adequadas: opte por roupas leves, de cores claras e que cubram a maior parte do corpo. Um chapéu e óculos de sol também podem ajudar a proteger contra queimaduras solares.

  4. Fique em lugares com ar condicionado: procure refúgio em locais com ar condicionado ou use ventiladores para se refrescar.

  5. Esteja atento aos sinais de superaquecimento: conheça os sintomas de insolação e golpe de calor e procure ajuda médica imediatamente se apresentar algum deles.

O calor pode ser uma ameaça real para a saúde, mas com a devida conscientização e precauções, podemos minimizar os riscos. Cuide de si mesmo e de seus entes queridos, mantendo-se informado e adotando medidas preventivas para ficar seguro e saudável.

35 visualizações0 comentário

コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page