top of page
  • Foto do escritorJulia Saraiva

Dezembro Vermelho: juntos na prevenção do HIV/AIDS


A imagem exibe um fundo vermelho sólido, com um par de mãos segurando um laço vermelho, simbolizando a conscientização e prevenção do vírus HIV e de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

O mês de dezembro é dedicado à luta contra a AIDS e à conscientização e prevenção do vírus HIV e de outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Esta campanha é crucial para disseminar informações e combater o estigma associado à doença, causada pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV).


Depois de mais de 40 anos desde o seu surgimento, a AIDS ainda é considerada uma pandemia e já matou 30 milhões de pessoas. Por isso, continua sendo uma preocupação global de saúde pública.


Cerca de 9,2 milhões de pessoas ainda não têm acesso ao tratamento, incluindo 660 mil crianças vivendo com HIV. Mulheres e meninas ainda são desproporcionalmente afetadas, especialmente na África subsaariana.

O Dezembro Vermelho tem como propósito conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce, da prevenção, da educação sobre práticas seguras e do tratamento adequado, visando assegurar uma vida saudável para todos.


As Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos e são transmitidas principalmente por meio do contato sexual, sem a utilização de preservativo. Para mudar esse cenário, é fundamental ampliar o acesso a métodos preventivos e a realização regular de testes para o HIV.


Outra ação essencial é promover ambientes inclusivos e livres de discriminação para aqueles que vivem com o HIV/AIDS. A informação é uma ferramenta poderosa, e a compreensão ampla sobre o vírus contribui para quebrar estigmas, acabar com o medo do desconhecido e promover a solidariedade.


Vamos unir forças nesta data, apoiando a prevenção, a conscientização e a compaixão. Juntos, podemos construir uma sociedade mais informada, acolhedora e comprometida com a saúde de todos. Lembre-se, a solidariedade é a nossa melhor arma na luta contra o HIV/AIDS.


Fontes:

Biblioteca Virtual de Saúde - Ministério da Saúde

Fundação Oswaldo Cruz

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

UNAIDS Brasil

12 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page