top of page
  • Foto do escritorMarcelo Volpato

Dia nacional da inovação: como se inova na saúde?

A inovação desempenha um papel tão crucial na vida humana que até ganhou um dia para chamar de seu. Em 19 de outubro comemora-se o Dia Nacional da Inovação e, para além de dispositivos e invenções com ares futuristas, ela abrange diversos setores, até mesmo os mais tradicionais, como o da saúde.


Seja na criação de sistemas eficientes, na descoberta de novos tratamentos e terapias ou na melhoria da qualidade dos cuidados, a inovação influenciou positivamente a forma como a saúde é praticada, gerenciada e acessada. Logo, é evidente que ela contribui para o bem-estar das populações em todo o mundo.


Veja a seguir alguns exemplos de como isso acontece na prática:

  1. Democratização do acesso: A telemedicina e a teleconsulta são exemplos de inovações que têm ampliado o acesso a cuidados de saúde, especialmente em áreas remotas ou carentes de recursos. Essa funcionalidade, que é a base da Starbem, permite que pacientes e profissionais de saúde se conectem de forma remota, reduzindo o tempo de deslocamento, proporcionando o rápido diagnóstico e contribuindo para o direcionamento efetivo das questões reportadas.

  2. Diagnóstico mais preciso: O diagnóstico foi profundamente impactado pela inovação, com a criação de dispositivos avançados, testes genéticos e algoritmos de inteligência artificial que tornam possível a identificação de doenças e transtornos em estágios mais precoces. Isso permite que os profissionais de saúde iniciem o tratamento mais cedo, melhorando as chances de recuperação. Um exemplo é a funcionalidade StarCheck, disponível dentro do próprio aplicativo da Starbem, que mede indicativos de saúde como pressão arterial, nível de estresse, frequência cardíaca e respiratória e outros, em apenas 30 segundos, por meio da leitura facial na câmera do smartphone.

  3. Tratamentos mais eficazes: Com o diagnóstico mais preciso proporcionado pelas inovações, a consequência é o estabelecimento de tratamentos mais eficazes para uma ampla variedade de condições. Medicamentos inovadores, terapias genéticas e tratamentos personalizados têm revolucionado a forma como a saúde é abordada.

  4. Redução de custos: Embora a adoção de recursos inovadores para o cuidado com a saúde necessite de investimento, a longo prazo leva à redução de custos. Uma empresa que decide oferecer a Starbem aos seus colaboradores, por exemplo, pode experimentar menos burocracia e preços mais atraentes, ao mesmo tempo em que o usuário conta com a possibilidade de se consultar com diversas especialidades, ter diagnóstico e tratamento precoce e mais comodidade no dia a dia.

  5. Prevenção de doenças: Inovações em saúde não se limitam apenas ao tratamento de doenças. Elas também incluem o desenvolvimento de estratégias preventivas, como rastreamento de saúde baseado em dados, vacinas e tecnologias de wearables que monitoram a saúde em tempo real e que estão cada vez mais em alta.

Por fim, a inovação na área da saúde é um pilar fundamental para o progresso da ciência. À medida que a tecnologia e a pesquisa continuam avançando, a inovação na saúde continuará a desempenhar um papel vital no bem-estar geral da sociedade e, por isso, o Dia Mundial da Inovação deve ser comemorado pelo setor e por todos os beneficiados por ela.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page