top of page
  • Foto do escritorAna Bizzotto

O impacto do estresse no seu coração


O excesso de estresse em uma situação de trabalho ou até ao assistir uma partida decisiva de futebol contribui para elevar a pressão arterial e é um fator de risco para o desencadeamento de doenças cardiovasculares.


O estado de tensão mexe com o funcionamento do nosso organismo. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, a pessoa estressada pode apresentar respiração e ritmo cardíaco acelerados, arritmia, tremores, tontura e suor excessivo. Alguns medicamentos podem provocar ou piorar os sintomas de estresse, além do uso de produtos com cafeína, drogas, álcool e tabaco.


A alta liberação de hormônios como a adrenalina e cortisol contribuem para elevar a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos, podendo até provocar um infarto ou um acidente vascular cerebral (AVC). Mas como saber se os sintomas estão de fato relacionados a uma dessas situações ou se é o começo de uma crise de ansiedade?


Se você tem hipertensão arterial, fique atento. É fundamental medir com regularidade a pressão e buscar ajuda caso os dados estejam alterados, principalmente se estiverem acompanhados de outros sintomas. Mas não adianta cuidar só dos sintomas e não olhar para a causa do seu estresse: é fundamental dedicar atenção à saúde mental para diminuir a tensão e ter mais qualidade de vida.


Fazer pausas ao longo do dia, buscar acompanhamento psicológico, praticar atividade física e manter uma dieta equilibrada são algumas ações que podem te ajudar neste caminho.

80 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page