top of page
  • Foto do escritorTime de Psicologia

Depressão: o que é, causas e sintomas


Imagem escura de pessoa com as mãos no rosto aparentando tristeza.

A depressão ultrapassa a simples sensação de tristeza. Trata-se de uma condição de saúde mental que impacta significativamente o humor, os pensamentos e as atividades diárias de uma pessoa. 


Sua persistência ao longo do tempo pode afetar significativamente a qualidade de vida. A gravidade, frequência e duração variam de acordo com cada pessoa e suas condições psíquicas.


Na América Latina, o Brasil é o país com maior prevalência de depressão, além de ser o segundo país com maior prevalência na América, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Quais são as causas da depressão?


As causas da depressão abrangem fatores genéticos, bioquímicos, ambientais e psicossociais. A predisposição genética pode aumentar a vulnerabilidade, enquanto eventos estressantes, traumas e desequilíbrios químicos cerebrais também contribuem para o seu desenvolvimento.

E quais sintomas da depressão merecem atenção?


  • Humor deprimido, irritabilidade, ansiedade e angústia;

  • Desânimo ou cansaço elevado;

  • Diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis;

  • Desinteresse, falta de motivação e indiferença;

  • Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desamparo e vazio;

  • Ideias frequentes e desproporcionais de culpa, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, fracasso e pensamentos de morte;

  • Interpretação distorcida e negativa da realidade;

  • Dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento;

  • Diminuição da libido;

  • Perda ou aumento do apetite e do peso;

  • Insônia, despertar matinal precoce ou aumento do sono;

  • Dores e outros sintomas físicos não justificados por problemas médicos, como dores de barriga, má digestão, dor de cabeça ou no corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito, entre outros.


É relevante destacar que não é necessário que uma pessoa manifeste todos esses sintomas para receber um diagnóstico de depressão. No entanto, a persistência destes por um período superior a duas semanas é um indicativo importante a ser observado.

A importância do diagnóstico e apoio profissional


A identificação precoce é crucial. Caso você ou alguém próximo manifeste sintomas persistentes de depressão, é imprescindível procurar o suporte de um profissional da saúde mental. A abordagem terapêutica, a possível intervenção medicamentosa e o respaldo social exercem funções fundamentais no processo de tratamento.


É fundamental compreender que a depressão não é um sinal de fraqueza. Buscar ajuda é um passo corajoso na direção do bem-estar emocional. A compreensão e o apoio de pessoas próximas são essenciais para superar o estigma associado à depressão.


Na Starbem, contamos com profissionais altamente especializados, que incluem médicos psiquiatras e psicólogos. Todos estão preparados para oferecer suporte abrangente ao longo do tratamento da depressão. Não hesite em buscar ajuda! 


Marina Mele - Psicóloga da Starbem (CRP 06/136107)





43 visualizações2 comentários

2 Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Edu Oliveira
Edu Oliveira
Jan 06
Rated 5 out of 5 stars.

Artigo claro e bem explicado. Difícil achar conteúdo direto e de qualidade assim hoje em dia.

Like
Ana Paula  Ramos Cunha
Ana Paula Ramos Cunha
Jan 17
Replying to

Ficamos felizes que tenha gostado, Eduardo! Continue nos acompanhando para mais conteúdos sobre saúde mental e bem-estar. 😊

Like
bottom of page